DESILUSÃO, ISSO NÃO…

Sexta-feira, 09 de abril de 2021… Sabem, apesar da minha já avançada idade, eu não sinto receio de me desiludir, isto por quê, adquiri e cultivo solenemente o hábito de — ao máximo — sentir o gosto e o prazer do presentedo agora, então vivo tentando me afastar de ilusões.

Lembranças, sim mas, totalmente desacompanhadas de ilusões, o tempo inexorável não me dá tempo de pensar em ter mais nada ou ninguém ao meu lado, a não ser das equipes que cuidam de nós aqui no Lar de Idosos sempre prontas a nos dar atenção e carinho, FIC, será apenas recordada, não mais pretendida…

Aquele ditado “o futuro a DEUS pertence” tem sido um companheiro contumaz… Contu maz acredito (desculpem o trocadilho infame), maior tem sido a minha paz e tranquilidade, aí me dou o direito de escutar canções como a Dança da Solidão de Paulinho da Viola… se liga aÍ!

Solidão é lava… Que cobre tudo… Amargura em minha boca… Sorri seus dentes de chumbo…
Solidão, palavra… Cavada no coração… Resignado e mudo… No compasso da desilusão..
.

Viu… Desilusão, desilusão… Danço eu, dança você… Na dança da solidão…
Viu… Desilusão, desilusão… Danço eu, dança você… Na dança da solidão…

Camélia ficou viúva… Joana se apaixonou… Maria tentou a morte… Por causa do seu amor…
Meu pai sempre me dizia… Meu filho, tome cuidado…
Quando eu penso no futuro… Não esqueço o meu passado..
.

Oh… Desilusão, desilusão… Danço eu, dança você… Na dança da solidão…
Viu… Desilusão, desilusão… Danço eu, dança você… Na dança da solidão…

Quando vem a madrugada… Meu pensamento vagueia…
Corro os dedos na viola… Contemplando a Lua cheia…
Apesar de tudo, existe… Uma fonte de água pura…
Quem beber daquela água… Não terá mais amargura…

Oh… Desilusão, desilusão… Danço eu, dança você… Na dança da solidão…
Viu… Desilusão, desilusão… Danço eu, dança você… Na dança da solidão…


Danço eu, dança você… Na dança da solidão…
Danço eu, dança você… Na dança da solidão…

Desilusão, oh oh, oh oh

Eu me permito tudo nesta vida mas…

DESILUSÃO, ISSO NÃO

Esse post foi publicado em CRÕNICAS DE UM IDOSO. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s