O FUTURO A DEUS PERTENCE…

Domingo, 14 de fevereiro de 2021… Leitor(a) mais jovem… Bem mais jovem do que eu, decidi levantar e estabelecer comparações sobre meu passado e o presente… Do meu passado quando eu tinha e exercia em torno da idade que você tem hoje, vou contar o que ouvia, via e sentia e do presente apenas o que ouço e vejo.

Claro que vou pedir ajuda a Internet, afinal não tenho mais essa bola toda… Por exemplo, novelas eu ouvia pelo rádio… Lembro de uma que fez muito sucesso, tanto que devidamente, adaptada passou-se mais tarde para a TV: Observe o título Em Busca da Felicidade. e a sinopse que pude extrair na Internet:.

A história era um grande drama de um casal, de classe alta, que tinha uma filha de criação. A menina era fruto de uma relação extraconjugal mantida pelo marido com a empregada, que morava na casa do casal. Em um determinado momento a menina descobre a verdade e decide morar com a mãe. A mulher procura se separar do marido e viaja para os Estados Unidos onde sofre um acidente. A menina se apaixona pelo filho do patrão, mas vê a relação impedida pelo desnível social existente entre os dois. Quando finalmente a menina vai se casar, o rapaz morre em um acidente de carro. E assim ia ocorrendo o drama, fazendo com que toda vez que um dos personagens chegasse perto da possibilidade de ser feliz algo de trágico os atingia, justificando o título: Em Busca da Felicidade.

Atualmente venho ouvindo e assistindo, embora que ainda em reprise, uma outra, com bastante audiência televisiva, no horário das nove, saca só o título A Força do Querer.

Promissor advogado, Caio (Rodrigo Lombardi) é cogitado para administrar a C. Garcia, uma das maiores empresas do país, porém, isso atrapalha seu namoro com Bibi (Juliana Paes), que o acusa de dar mais atenção ao trabalho do que a ela. Com o fim do relacionamento, Caio deixa tudo para trás e parte rumo aos Estados Unidos. 15 anos depois, retorna ao Brasil num grande cargo no Judiciário e acaba por reencontrar Bibi, que não conseguiu concluir a faculdade de direito e está casada com Rubinho (Emilio Dantas), passando por dificuldades financeiras, que farão com que ele entre no mundo do tráfico, arrastando a esposa apaixonada junto.

Com a recusa de Caio, Eugênio (Dan Stulbach) prepara seu filho, Ruy (Fiuk) para assumir o comando da empresa. Ruy está noivo de Cibele (Bruna Linzmeyer), o que lhe confere estabilidade não somente na vida profissional, como também na vida pessoal, no entanto, quando viaja para fictícia cidade de Parazinho, no interior do Pará, conhece e se encanta por Ritinha (Isis Valverde), jovem que adora o fascínio que exerce pelos homens, tal como as sereias, que ela acredita ser uma. Noiva de Zeca (Marco Pigossi), caminhoneiro completamente apaixonado por ela, Ritinha continua seu jogo de sedução com o carioca, pois quer seguir a liberdade de seus impulsos. Apesar das críticas que ouve a respeito da amada, o amor que Zeca sente é maior do que tudo, mas ao descobrir o envolvimento da noiva com o empresário de fora – com quem tivera um episódio determinante na infância, em que um índio profetizará que “Se viram tudo igual, é um aviso que o espírito da floresta está mandando. A vida toda vocês tomem cuidado com o que brotar das águas. O que brotar das águas vai juntar vocês dois e separar de novo!”, – decide se mudar e recomeçar a vida em Portugal Pequeno, Niterói ao lado do pai Abel (Tonico Pereira), que não gosta da relação do filho com Ritinha e vive às turras com a mãe desta, a espalhafatosa dona Edinalva (Zezé Polessa). Na nova cidade, Zeca conhece Jeiza (Paolla Oliveira), policial que sonha em se tornar lutadora de MMA, mas sofre com a falta de um parceiro que compreenda e aceite seus sonhos.

Paralelamente ocorre a transformação de Ivana (Carol Duarte), irmã de Ruy, que se sente um homem num corpo feminino, causando conflito com Joyce (Maria Fernanda Cândido), que a criou a sua imagem e semelhança filha para ser uma “princesa”. A relação de Joyce com o marido começa a ruir quando ele conhece Irene (Débora Falabella), uma mulher misteriosa e sem escrúpulos que fará de tudo para conquistar Eugênio, tornando-se obcecada por ele.

Irmão de Eugênio, Eurico (Humberto Martins) gosta de ter tudo e todos ao seu controle, mas não consegue impedir que a esposa, a arquiteta Silvana (Lília Cabral), se vicie na adrenalina e entre na dependência do jogo. Dantas (Edson Celulari), pai de Cibele, trabalha com os irmãos Garcia, mas se sente injustiçado, pois acredita que Eugênio e Eurico nunca lhe deram o devido valor. Já Nonato (Silvero Pereira) é um tímido rapaz do interior que veio para a cidade na esperança de se tornar um artista. Ele passa a trabalhar como motorista de Eurico, mas faz de tudo para que o patrão não descubra sua outra identidade, a transformista Elis Miranda.

CHEGA, ou quer mais,? Falemos agora de músicas românticas (ou de relacionamentos, como queiram). Lá pelos anos setenta me lembro de “Lembranças” cantada por Miltinho, ouçam só:

Hoje, abrindo no album Postify, não pude deixar de notar um rap interpretado por Greg BBX e Tilia, com o nome de Fica Tranquila, vejam:

Confesso que me senti um tanto atordoado com essas comparações e embates entre A Busca da Felicidade e a Força do Querer, bem como entre Lembranças e um comando de Fica Tranquila...

Bem trata-se de meu passado e o presente… Considerando que aqui, somos vizinhos do edifício sede do Instituto Médico Legal de Curitiba e vivemos na mesma via que nos conduz a um belíssimo Cemitério Vertical, devo informar e tomar conhecimento de que, para mim….

…O FUTURO A DEUS PERTENCE.

Publicado em CRÕNICAS DE UM IDOSO | 1 Comentário

HOJE É DIA DE GRAÇA…

Sábado, 13 de fevereiro de 2021… No dia 22 de janeiro, a equipe de uma das Secretarias de Saúde que nos servem aqui em Curitiba – Sul do Brasil – esteve aqui e nos vacinou a todos – moradores e funcionários – do Lar de Idosos Recanto Tarumã, para que começassemos a nos proteger contra o COVID 19, aterrorizante.

Tratava-se da primeira de duas doses salvadoras. Quedamo-nos felizes mas, preocupados na incerteza do recebimento da segunda dose, em razão de toda a confusão instaurada e generalizada em torno do assunto… Hoje acordamos sabendo da presença repetida dos anjos da saúde e então agora estamos embarcados num autêntico DIA DE GRAÇA… Eu só consigo me lembrar do sambista Candeias, conclamando nossos irmãos de cor, lá no Rio de Janeiro, por volta dos anos 70.

Hoje é sabado de carnaval e eu estou agora aqui:
a). morando numa região onde habitam cidadãos que respeitam a ordem;
b). numa Instituição onde trabalham pessoas jovens que se dedicam a velhos senhores, com uma entrega plena de si mesmas e
c). acabo de receber — juntamente com o pessoal que cuida da gente — a dose final de uma vacina que existe para combater um mal que se irradiou no Planeta.

Eu estou me sentindo feliz por todo(as) e por cada um(a).

Não, não é um filme ou episódio de série do Netflix. É real, é sólido, é presente… Querem saber, valeu viver oitenta e quatro anos para ser testemunha de tudo isso e estar vivendo e sabendo que…

HOJE É DIA DE GRAÇA.

Já fomos devidamente prevenidos: após a primeira dose, a cautela ainda perdura e então nada de “dar mole” para a pandemia… Vamos lá, pessoal…
Ainda é necessário se acautelar, mesmo depois dessa segunda dose…

Publicado em CRÕNICAS DE UM IDOSO | 1 Comentário

ISSO NÃO É JUSTO…

Sexta-feira, 12 de fevereiro de 2021… Abro minha caixa de correio na Internet, bem triste verifico que, novamente a turma que vende seus produtos e sonhos — que sabem (não sei como) que sou idoso — voltam a me oferecer soluções para problemas na ejaculação e falta de rigidez peniana.

Então, me lembro das novelas que, por absoluta falta de opção, acabo assistindo um pouco antes da hora de dormir e me lembro que a Bibi não consegue se desprender do Rubinho e a Ritinha não vive sem buscar mais contato com o Zeca.

É aí que me vem a recordação de trecho de uma publicação minha em 2018, sôbre a MULHER DE TRINTA ANOS

…”A mulher de 30 está para se separar. Ou já se separou. São raras as mulheres que passam por esta faixa sem terminar um casamento. A grande maioria tem dois filhos. Geralmente um casal. As que ainda não tiveram filhos se tornam um perigo, quando estão ali pelos 35… Elas talvez não saibam, mas são as mais bonitas das mulheres. Acho até que a idade mínima para concurso de miss deveria ser 30 anos. Desfilam como gazelas, embora eu nunca tenha visto uma (gazela). Sorriem e nos olham com uns olhos claros. Já notou que elas têm olhos claros? E as que usam uns cabelos longos e ondulados e ficam a todo momento jogando as melenas para trás? É de matar.  O problema com esta faixa de idade é achar uma que não esteja terminando alguma tese ou TCC. E eu pergunto: existe algo mais excitante do que uma médica de 32 anos, toda de branco, com o estetoscópio balançando no decote de seu jaleco diante daqueles hirtos seios?… A mulher de 30 ainda não fez plástica. Não precisa. Está com tudo em cima. Ela, ao contrário das de 20, nunca ficou. Quando resolve, vai pra valer. Faz como se fosse a última vez….  Mas o que mais me encanta nas mulheres de 30 é a independência. Moram sozinhas e suas casas têm ainda um frescor das de 20 e a maturidade das de 40. Adoram flores e um cachorrinho pequeno. Curtem janelas abertas. Elas sabem escolher um travesseiro…”

…” etc, etc, etc…”

Mas que velhinho safado? Dirão meus leitores e leitoras. Mas, não foi eu quem escreveu, tudo isso. (tem muito mais, porém impublicável), foi de uma crônica do Mário Prata..que eu apenas transcrevi aqui, ingenuamente… Santa ingenuidade !

Agora, depois de ter passado mais uma noite batendo pestanas, tentando capturar o sono que não veio, começo a lembrar e escrever todas estas bobagens…

ISSO NÃO É JUSTO.

Publicado em CRÕNICAS DE UM IDOSO | Deixe um comentário

VAI QUE COLA…

Quinta-feira, 11 de fevereiro de 2021… Foi então que um coroa de oitenta e quatro anos, despertou no seu quarto em um Lar de Idosos, onde mora há quase 13 anos e decidiu supor… apenas supor…

Supondo-se que o leitor seja ou conheça um empresário bem sucedido e imagina que o mesmo goste ou precisa muito se projetar na mídia, principalmente de forma a mostrar seus dotes de benfeitor… Aí este(s) empresário(s), instalados em Curitiba – PR, fica(m) sabendo que um Lar de Idosos, modêlo no Estado — abrigando quase uma centena de moradores e igual número de funcionários dedicados — está chegando aos cem anos de fundação, agora em setembro…

Vamos supor ainda mais, que tal(is) indivíduo(s) tome conhecimento de uma página que este blogueiro publicou há três anos atrás e se entusiasme com a idéia de bancar a realização do sonho do corôa e junto oferecer à instituição este brinde de Centenário.

Seria a gloria, não é mesmo? Bastará que nós cliquemos no LINK, conheçamos o sonho e…BINGO!

VAI QUE COLA.

Publicado em CRÕNICAS DE UM IDOSO | Deixe um comentário

IDADISMO, FICA LONGE DE MIM…

Quarta-feira, 10 de fevereiro de 2021… O quanto eu já ouvi falar sobre o Racismo e o Machismo?

Mas ontem, em plena sala da Fisioterapia, flagrei duas jovens (e belas) universitárias me falando de Gerontologia e dentro dele o IDADISMO, saí correndo para a Internet e vi:

“O envelhecimento da população mundial torna imperioso o debate sobre a velhice e coloca em questão o idadismo, uma forma ainda pouco discutida de preconceito baseado na idade que ocasiona a discriminação contra pessoas vistas como idosas e contribui para a sua marginalização e eventual exclusão social”.

Pois é, fiquei meio assustado mas, não consegui me sentir inserido no contexto… Afinal, sempre tenho Roberto Carlos por perto, soprando em meu ouvido o que devo cantar para o mundo ouvir:

ESTE CARA SOU EU…

Assim, feito rogo…

IDADISMO, FIQUE DISTANTE DE MIM.

Publicado em CRÕNICAS DE UM IDOSO | Deixe um comentário

DESILUSÃO…

Terça-feira, 09 de fevereiro de 2021… Há sete anos, nesta data publiquei um preito da minha DESILUSÃO, começado com a letra de uma canção de desistência total:

O REI, DEITA-SE FRENTE A RAINHA…

… O QUE ME IMPORTA

Publicado em CRÕNICAS DE UM IDOSO | Deixe um comentário

ROUPA LIMPA E ASSEADA…

Segunda-feira, 08 de fevereiro de 2021… Hoje acordei ouvindo o finado compositor Luiz Melodia cantando um “clássico” dos anos 70, aí me transportei para a lembrança do trabalho de nossas meninas aqui no Lar de Idosos, em sua constante batalha para que não nos faltem toalhas e ROUPA LIMPA E ASSEADA

LUIS MELODIA E CASSIA ELLER…

Como já descrevi por aqui, nós somos em quase uma centena de moradores sessentões, setentões e mais… Caramba, o que essa população suja de vestuário, não está no mapa… Há uma rota de transporte de carrinhos e vagonetas — bem entre os locais do banho assistido e a lavanderia —  que  transitam diariamente, empurrados para lá e para cá por nossas queridas assistentes.

Claro que, vez por outra, alguns de nós idosos mais eretos que ainda suportam caminhar sem o infortúnio de lesões nas pernas, deixam de lado o quarto e a audiência da TV para dar uma mãozinha para elas… Bem, isto faria parte do natural instinto de ajuda…

Aí, me prendo ao estribilho da canção “…lava a roupa todo o dia, que agonia…” e não posso deixar de sorrir intimamente… Que bom, que no outono da nossa vida, já esquecidos da “juventude transviada“, ainda tenhamos e podemos contar com as jovens dedicadas mulheres que não nos deixam faltar…

ROUPA LIMPA E ASSEADA.

Publicado em CRÕNICAS DE UM IDOSO | Deixe um comentário

RECORDAR É REVIVER…

Domingo, 07 de fevereiro de 2021… Pra variar, estou sem sono e ouvindo as músicas do Pendrive enfiado na TV…

DE UM VELHO PARA UMA JOVEM…


Por Você é uma música da banda brasileira Barão Vermelho, cujo lançamento ocorreu em 1999 no álbum “Balada MTV.” A letra foi escrita por Mauro Santa Cecília e a música, uma composição de Roberto Frejat e Guto Goffi… Além de ter sido o segundo single do álbum Puro Êxtase, é a música de maior sucesso da banda desde a saída de Cazuza. Foi regravada por Frejat em 2002 entre as trilhas sonoras do pentacampeonato mundial da Seleção Brasileira naquele ano.

Sempre gostei muito de cantar e então recordei que, aos sessenta e seis anos, eu cantei esta mesma música seriamente, para uma jovem de quarenta e poucos, minha companhia, depois de três anos da minha separação com a mãe dos meus filhos.

Parecem mentiras, mas, aconteceram realmente… Quem quiser conhecer o final dessas histórias,  clique e releia OBITUÁRIO,  uma das minhas primeiras crônicas neste blog.

Muito embora ela verse sobre a morte, sabemos que…

RECORDAR É REVIVER

Publicado em CRÕNICAS DE UM IDOSO | Deixe um comentário

UM HOMEM EGOCÊNTRICO…

Sábado, 06 de fevereiro de 2021… Perguntei ao Google; O que é Egocentrismo  de que tanto ouço falar? Logo após colhi a resposta:

Egocentrismo é o comportamento voltado somente para si ou tudo que lhe diz respeito, ou ainda, a incapacidade de diferenciar-se dos outros — quando em um indivíduo em especial — usa-se o termo “egocêntrico”, denotando alguém preocupado consigo mesmo e indiferente aos problemas dos outros mas não necessariamente egoísta.

Aí levado por minhas próprias observações, cheguei às conclusões de que UM HOMEM EGOCÊNTRICO, é o carinha que desde criança e depois adolescente, foi ensinado e se habituou a não ligar para mais ninguém, além de si próprio.

Quando atinge a maioridade (aos 21) se tiver boa aparência, se “acha o gostoso” . Aí ele precisa, e se faz, ser bem tratado, idolatrado, defendido e paparicado, pela própria mãe, namorada, companheira, esposa e a Ritinha no Whatsap; se for pai torna-se apaixonado por SUA cria pois ela evidencializa, a eficácia de SUA testosterona.

Na faixa de 30, 40 e até 50 para êle, EMPATIA é palavrão e se o egocêntrico não tiver sido ainda abatido por um desafeto, poderá ser um chefe de quadrilha, ditador, político ou policial corrupto, ou quem sabe, pastor evangélico… O estado civil é separado e não mais suportado pelas várias mulheres com quem tentou conviver.

Entre 60 e 70, sempre sozinho, se não tiver recursos financeiros advindos de falcatruas, receita de agiotagem, heranças ou qualquer coisa assim, apela para o hábito de instaurar processos, se vitimizar, e sair fazendo queixas e reclamações de quaisquer pessoas ou situações que venham a colidir com seus interesses e necessidades.. O cara é f….

Se passar dos setenta e sobrevivo vai se transformar em — ou fingir-se de — doido varrido atormentado e profundamente grosseiro e malcriado para com as pessoas mais jovens que, á sua volta os têm sob cuidados, isto por que não contará com afeto expontâneo de mais ninguém, devido ao seu egocentrismo.

Se o leitor é daqueles que acredita na perpetuação da vida pós-morte, também deve crer que para o espírito ser considerado elevado, terá que ter tido aqui na existência terrena princípios de conduta ilibados na boa convivência, fraternidade e entrega aos demais seres viventes.

Assim sendo, deduzo que seria muito difícil e improvável, tal elevação espiritual para…

UM HOMEM EGOCÊNTRICO

Publicado em CRÕNICAS DE UM IDOSO | 1 Comentário

MEU TESTEMUNHO…

Sexta-feira, 05 de fevereiro de 2021 – Passou-se um ano, veio e estabeleceu-se uma pandemia que ainda atordoa… Porque não devo “reblogar” este meu testemunho?
Clica aê embaixo da imagem..
.

MEU TESTEMUNHO...

Publicado em CRÕNICAS DE UM IDOSO | Deixe um comentário